Our Blog

Elas Nos Representam

0

Nesse novo especial, NoBrasil quer discutir, homenagear e legitimar o papel fundamental das Mulheres na Economia Criativa Brasileira, afinal, Elas Nos Representam.

por Diane Lima

Iniciar esse especial que fala sobre nós Mulheres, talvez tenha sido o maior desafio do NoBrasil nesses nossos quase cinco meses de vida. Em busca de uma direção, um nome e uma forma de enquadramento e recorte discursivo, optamos então pelo caminho do cuidado e daquele que de verdade nos completa: o do aprendizado.

A partir das pesquisas que seguimos desenvolvendo em que a diversidade aparece como fruição criativa mas também como diretriz ética produtora de solidariedades, o assunto mulher X criatividade X empreendedorismo X produção de conhecimento, tornou-se uma constante na tentativa de entender esse momento de ruptura na construção de possíveis identidades e de todo um processo de individualização que nos leva a uma nova economia dos poderes sobretudo no que tange a liberdade dos corpos.

Diante de uma quebra de paradigmas que envolve, principalmente, uma ascensão social nacional protagonizada pela participação da mão-de-obra e capacidade criativa e empreendedora das mulheres, nos inquietou a necessidade de homenageá-las de modo a construir um ambiente favorável para troca e empoderamento coletivo de tantas outras.

Salientar quem são essas mulheres que estão transformando a Economia Criativa NoBrasil, torna-se, então, parte da nossa missão. Entre coragem, sensibilidade, determinação e liderança, o especial busca ainda repensar a nossa responsabilidade na construção de subjetividades dentro dos processos de criação bem como, a urgência de se ocupar espaços frente a problemática da desigualdade de sexo/gênero no mercado de trabalho e o que isso causa nos campos da liberdade e autonomia no mundo contemporâneo.

No que tange a Economia Criativa, apesar da nossa preocupação com o uso massificado, com ares de estratégia de marketing, que o termo vem ganhando e de nos posicionarmos e nos interessamos em discutir o que antecede o ato do INOVAR – antes mesmo da tentativa de adjetivação, dentro do processo de criação – percebemos que dar o devido destaque poderia contribuir com a discussão sobre esse novo modelo econômico que se desenha, participando de uma maneira mais efetiva de uma revolução na qual acreditamos, fazemos parte e em que também Elas Nos Representam.

Vem que tem.

Vá Fundo.
Conecte-se no Facebook

Comments

comments