Paty Marinho

Paty Marinho

Arqueóloga, os caminhos percorridos por Paty Marinho em sua trajetória pessoal se enlaçaram com a música, a dança, o teatro e toda manifestação artística na qual a cultura afrodescendente é a fonte de saber. Sua própria origem e o envolvimento artístico, político e religioso com a cultura ancestral, deram a tônica de seus estudos acadêmicos. Formada em Antropologia, mestra e doutoranda em Arqueologia pela Universidade de São Paulo, sua produção acadêmica reflete o pensamento e o conhecimento do povo negro, dos mais velhos e dos mais novos, seja em seus próprios pensamentos e ações, seja nos saberes de quilombolas e do povo de santo, que vêm ao longo dos anos colaborando com suas pesquisas. No AfroTranscendence, além de apresentar o seu fazer arqueológico afro-brasileiro, irá escavar as relações existentes ente materialidades, imaterialidades, patrimônio e salvaguarda do conhecimento ancestral que envolvem terreiros, quilombos e diferentes paisagens trazendo a tona novos caminhos e olhares que enriqueçam nossos processos de pesquisa para criação.